INSS: 5.260 BENEFÍCIOS NO ESTADO DO RIO CAÍRAM NO PENTE-FINO E PODEM SER CANCELADOS


Resultado de imagem para INSS: 5.260 BENEFÍCIOS NO ESTADO DO RIO CAÍRAM NO PENTE-FINO E PODEM SER CANCELADOS
Os 5.260 aposentados por invalidez e segurados que recebem auxílio-doença do INSS no Estado do Rio que foram convocados pelo pente-fino, por meio de cartas, para revisão dos benefícios mas não compareceram aos postos têm até 13 de abril para agendar a perícia médica. Do contrário, os benefícios serão suspensos. Como ainda não houve marcação do exame, os nomes foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) pelo fato de os Correios não terem conseguido localizá-los nos endereços que constam no sistema do INSS. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), pasta à qual o instituto é subordinado, os dados desses segurados estão desatualizados.
De acordo o MDS, se os pagamentos forem suspensos, os segurados podem recorrer ao Conselho de Recursos do Seguro Social para questionar o procedimento ou solicitar a concessão de um novo benefício. No Rio, estão sob ameças de corte 1.364 aposentados por invalidez e 3.903 segurados que recebem auxílio-doença.
No total, o governo convocou para perícia 94 mil pessoas que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez em todo o país. O edital de notificação para quem não foi localizado saiu no DO de 23 de março. O beneficiário deve agendar a perícia pela Central 135.
São 94.019 notificados de um montante de 4,88 milhões de beneficiários de auxílio-doença, que não fizeram perícia há mais de dois anos, ou aposentadoria por invalidez, que devem passar pela perícia e os com menos de 60 anos de idade há dois anos ou mais sem passar por exames. Ficam de fora do pente fino quem tem mais de 60 anos, que tiver 55 anos de idade e recebe o benefício há pelo menos 15 anos.
"Em alguns casos o INSS pode converter o auxílio-doença em aposentadoria por invalidez", diz Adriane Bramante, do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciários (IBDP).
COMO SE PREPARARTodos os segurados convocados para a revisão recebem uma carta do INSS, informou o ministério. A partir do recebimento, têm cinco dias úteis para agendar a perícia pela Central 135. Caso contrário, o benefício fica suspenso até a regularização. Se o segurado não procurar o INSS em 60 dias, o benefício é cancelado.
"É importante manter dados, como endereço, atualizados no INSS", orienta Herbert Alencar, especialista em Direito Previdenciário.
Além de comparecer na data marcada, o segurado deve levar documentação como atestados, laudos, receitas e exames atualizados.

Campos 24 Horas
INSS: 5.260 BENEFÍCIOS NO ESTADO DO RIO CAÍRAM NO PENTE-FINO E PODEM SER CANCELADOS INSS: 5.260 BENEFÍCIOS NO ESTADO DO RIO CAÍRAM NO PENTE-FINO E PODEM SER CANCELADOS Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on abril 01, 2018 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas