Projeto precisa de redação final e ser sancionado Proposta é de que policiais militares da reserva possam voltar à ativa

Rio - Para que policiais militares da reserva possam voltar à ativa faltam apenas dois passos: a redação final pela Alerj do projeto de lei que prevê a medida e, depois, a sanção do governador Pezão. De autoria da deputada Zeidan (PT) - foto- , a proposta já foi aprovada em segunda discussão no Legislativo. Mas como teve outra alteração, o texto precisa que ir ao plenário novamente apenas para os parlamentares darem aval.

A emenda que acabou incorporada ao texto impede a promoção dos militares inativos. Essa medida chegou a ser prevista no projeto. A autora da proposta já pediu urgência para a redação final, mas até então não foi levada ao plenário da Casa.

De acordo com a parlamentar, o objetivo da medida é facilitar a contratação de militares pelas prefeituras para que reforcem a segurança das cidades do Estado do Rio. A designação de PMs, e também de bombeiros, tem que ser feita pelo governador. A partir disso, o projeto permite que os municípios façam convênios com as corporações.

Zeidan ressaltou que essa é, em sua avaliação, uma alternativa para reduzir os índices de criminalidade no  estado e sem pesar nos caixas municipais. “É uma medida que terá custo baixo, pois esses policiais já estão preparados e não precisariam passar por concurso nem curso para poderem começar a atuar”, justifica.

O projeto autoriza a volta ao trabalho de soldados e cabos com até 52 anos de idade, sargentos e subtenentes de até 56 anos e ofi ciais, até o posto de capitão, com, no máximo, 62 anos. Mesmo que ocorra designação pelo governador, será imprescindível a aceitação por parte do militar.

A chamada dos inativos não abrange agentes que foram condenados por qualquer tipo de crime, ou que tenham passado para a reserva por falta de condicionamento físico. O retorno ao trabalho renderá uma gratifi cação aos militares da reserva.

De acordo com o projeto, eles devem receber um valor correspondente a um terço do que recebem na inatividade. 

CHAMADA DE CONCURSADOS 

Está nos planos da Secretaria de Segurança Pública do Rio a chamada de 1.083 aprovados em concurso de 2014 para a Polícia Militar. O grupo ainda terá que fazer o treinamento no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap).

Eles só estarão prontos para atuar nas ruas do estado no primeiro semestre do ano que vem. A espera dos aprovados na seleção é longa, e vêm cobrando as convocações.

Fonte: O Dia
Por PALOMA SAVEDRA
Reprodução:Blog Marcos Junior
Projeto precisa de redação final e ser sancionado Proposta é de que policiais militares da reserva possam voltar à ativa Projeto precisa de redação final e ser sancionado Proposta é de que policiais militares da reserva possam voltar à ativa Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on abril 30, 2018 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas