BLOG MARCOS JUNIOR BJI

4º DEPUTADO MAIS BEM VOTADO EM BOM JESUS DO ITABAPOANA MARCUS VINICIUS NESKAU RECEBIA DO "MENSALINHO" R$50 MIL/MÊS


Na quinta-feira ( 08/11) a Polícia Federal deflagou a Operação Furna da Onça, que investiga o que o Ministério Público Federal chama de "mensalinho" da Alerj. Os valores chegavam a R$ 900 mil. A investida cumpriu todos os 22 mandados de prisão – três alvos já estavam presos desde o fim de 2017, quando da Operação Cadeia Velha. No total, dez são deputados estaduais, cinco deles reeleitos. 


Também foi alvo da operação o secretário estadual de Governo, Affonso Monnerat, apontado como o canal entre Alerj e Palácio Guanabara - o governador, Luiz Fernando Pezão, não é investigado. 

Segundo o MPF, os "mensalinhos" e prêmios pagos para deputados se distribuíram da seguinte maneira: 
André Corrêa (DEM): R$ 100 mil/mês 
Edson Albertassi (MDB): R$ 80 mil/mês + R$ 1 milhão 
Chiquinho da Mangueira (PSC): mais de R$ 3 milhões 
Coronel Jairo (SD): R$ 50 mil/mês + prêmio 
Jorge Picciani (MDB): R$ 400 mil/mês + prêmio 
Luiz Martins (PDT): R$ 80 mil/mês + R$ 1,2 milhão 
Marcelo Simão (PP): R$ 20 mil/mês 
Marcos Abrahão (Avante): R$ 80 mil/mês + R$ 1,5 milhão 
Marcus Vinicius “Neskau” (PTB): R$ 50 mil/mês 
Paulo Melo (MDB): R$ 900 mil/mês + prêmio 




Fonte: Blog do Garotinho

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Postagem Anterior Próxima Postagem