BLOG MARCOS JUNIOR BJI

Autoridades do Sul do Estado lamentam morte de Gerson Camata

Autoridades políticas do Sul do Espírito Santo lamentaram o assassinato do ex-governador Gerson Camata, morto a tiro na tarde desta quarta-feira (26), em Vitória.

Gerson era natural de Castelo mas residia em Vitória há muitos anos. Saiba mais sobre a história do ex-político clicando aqui.

O autor do crime que chocou os capixabas, foi preso pouco depois e confessou o crime. 

Marcos Venicio Moreira Andrade, 66 anos, disse que cometeu o crime por conta de uma ação judicial movida pelo ex-governador em seu desfavor. Na ação, ele teve R$ 60 mil reais bloqueados pela Justiça a pedido de Camata.


Veja alguns depoimentos

Victor Coelho – prefeito de Cachoeiro de Itapemirim

“Lamentamos a trágica morte do ex-governador Gerson Camata. Um crime bárbaro. Pedimos a Deus conforte toda a família e amigos neste momento difícil. Todos nós estamos estarrecidos com a notícia”.

Thiago Fiori – prefeito de Rio Novo do Sul

“Recebi com muita tristeza a notícia que o ex-governador Gerson Camata foi assassinado. Camata será sempre lembrado por todos nós capixabas, como o governador que abriu os caminhos para o desenvolvimento do Estado do Espírito Santo. Aos familiares entrego meu profundo sentimento de pesar e orações”.

Coronel Weliton – prefeito de Iúna

“Lamentável episódio ocorrido com nosso querido e inesquecível ex-governador Gerson Camata. Violência premeditada é difícil de prevenir. Em nome dos cidadãos de Iúna, nosso sentimento à família e amigos. Fica o exemplo de homem público íntegro, honesto e trabalhador que desbravou o Estado, implantou gestão estratégica para descentralizar o desenvolvimento para o interior e quebrou paradigmas com sua simplicidade e conduta ilibada”.

Luciano Pingo – prefeito de Ibatiba

“Lamento a morte do ex-governador e eternamente sua história e honra será lembrada por todos os brasileiros. Como Governador, desbravou o Espírito Santo e até hoje as ações do seu mandato são lembradas. Me solidarizo com os familiares. O País perdeu o Espírito Santo um grande político e o MDB, um dos seus maiores quadros. Ibatiba está de luto”.

Eleardo Aparecido – prefeito de Divino São Lourenço

“Foi um grande governador, ajudou a desenvolver o Estado na década dos anos 80 e também foi um grande senador. Espírito Santo perdeu um dos seus maiores líderes da política, uma referência para nós gestores municipais. Camata ajudou muito nosso município com grandes obras como o asfalto que liga o trevo de Ibitirama a Divino de São Lourenço e outras obras importantes”.

José Guilherme – prefeito de Alegre

“Um fato lamentável. Uma grande perda para nosso estado. O Governador Camata revolucionou a forma de se fazer política. Extremamente atencioso e presente nos municípios. Deus conforte e

Braz Delpupo – prefeito de Venda Nova do Imigrante

“A Prefeitura de Venda Nova do Imigrante manifesta pesar pela morte do ex-governador Gerson Camata e solidariedade aos seus familiares e amigos. Durante sua vida, Camata manteve íntima relação com Venda Nova do Imigrante e seus moradores, além de ter colaborado com a criação e crescimento do Município enquanto cidadão e líder político. A memória de Gerson Camata e seu trabalho sempre serão lembrados”.

Evair de Melo – Deputado Federal

“Nada justifica uma barbaridade dessas. Ainda sem muitas palavras. Gerson Camata sempre foi um grande incentivador para que eu estivesse na vida pública. Demostrou como poucos um amor incondicional ao interior capixaba, mais do que ligar cidades, aproximou pessoas. Sempre esteve ao meu lado nos momentos difíceis de Brasília. Na importação do café, que conseguimos impedir, me ligou e disse “valeu o mandato” e em tantos outros momentos sempre esteve me aconselhando. Carinhosamente me chamava de “deputado da roça”. Como homem público, cumpriu seu papel e honraremos seu legado”.

Dailson Laranja, ex-deputado e Conselheiro aposentado do TCE

“Fui tomado por grande tristeza ao receber a lamentável notícia sobre a perda do inestimável amigo e ex-governador Gerson Camata, com que tive o prazer de trabalhar como líder de seu governo na Assembleia Legislativa. Camata foi um político único, defensor do Espírito Santo e homem honrado que fará falta nos tempos atuais. Deixo meus sinceros votos de pesar a sua esposa Rita e a seus filhos”.

Aqui Notícias
Por Marcos Junior

Postagem Anterior Próxima Postagem