Em Brasília, Casagrande defende reforma da Previdência


O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, nesta quarta-feira (20), da nova edição do Fórum Nacional dos Governadores, em Brasília (DF). 
A pauta do encontro foi a proposta da reforma da Previdência, em Brasília (DF). A pauta do encontro foi a proposta da reforma da Previdência, encaminhada pelo Governo Federal ao Congresso. Casagrande afirma que a aprovação da medida é um consenso, mas que esta deve reduzir as desigualdades, apontada como a questão central para a União e os estados. 

“Qualquer reforma a ser aprovada tem que apontar para o enfrentamento de nosso maior problema, que é a redução da desigualdade. Se for para ampliar ou consolidar a desigualdade, não nos interessa a votação da reforma”, afirmou o governador em sua fala durante o encontro, que teve as presenças do ministro da Economia, Paulo Guedes e do secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério, Rogério Marinho.

No encontro, o governador afirmou que recebeu bem a maior parte da proposta do Governo Federal. “Cada um de nós deve fazer uma verificação item a item do texto com suas equipes. A partir de agora, vou fazer 
uma verificação item a item do texto com suas equipes. A partir de agora, vou fazer uma avaliação da minha visão de Espírito Santo sobre a proposta e a repercussão para o Estado”, observou.A comissão local será criada e coordenada pelo secretário de Estado da Fazenda, Rogelio Pegoretti, além de contar com representantes da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (IPAJM) e da Fundação de Previdência Complementar do Espírito Santo (Preves).
Casagrande avalia que o ambiente é favorável à votação da reforma no Congresso, mas pondera que esse ambiente “não pode ser contaminado”. Segundo ele, é preciso que os governadores sejam claros quanto aos itens considerados como 
problemáticos na reforma, como o benefício da prestação continuada e a aposentadoria rural. Neste último ponto, o governador ilustra que o maior problema se deve às diferentes realidades encontradas no Brasil.
Outro ponto de atenção, no entendimento de de Casagrande, diz respeito ao sistema de capitalização, no qual o trabalhador faz a própria poupança para a aposentadoria. “Se ele [sistema] estiver vinculado a essa proposta ele impede que a reforma seja votada. Porque do jeito que o ministro está propondo, ele acaba com a Previdência no Brasil e consolida uma desigualdade”, afirmou o governador, que defende a manutenção da participação do empregador como forma de tornar a sustentabilidade desse novo modelo.
O governador Renato Casagrande vai compor um grupo de trabalho, formado por cinco governadores, que vai avaliar a repercussão da proposta de reforma da Previdência para o equilíbrio fiscal dos estados.
Aqui Notícias


Em Brasília, Casagrande defende reforma da Previdência Em Brasília, Casagrande defende reforma da Previdência Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on fevereiro 20, 2019 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas