MOTORISTA PARADO EM BLITZ PODE GANHAR SETE DIAS PARA RESOLVER IRREGULARIDADES


Motoristas que forem parados em blitzes do Detran podem passar a ter prazo de sete dias para resolver as irregularidades do veículo, em vez de terem o carro rebocado. A medida, estabelecida pelo projeto de lei 3/19, foi aprovada pela Alerj na última quinta-feira.
Caso o motorista não compareça no prazo estipulado, será processada a infração de trânsito, com a expressão “proibida circulação” no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).
Para que a averbação seja retirada, o carro deverá ser levado ao posto do Detran com os problemas resolvidos. Não haverá cobrança de taxa pelo procedimento, mas a multa será mantida.
“Este projeto é um avanço porque impede que veículos sejam rebocados no momento da blitz, durante a fiscalização pelos agentes do Detran”, disse o deputado estadual Luiz Paulo (PSDB), um dos autores da proposta.

Resta saber se o governador Wilson Witzel vai sancionar ou vetar o projeto, que também leva a assinatura de Fabio Silva (DEM) e de Sub Tenente Bernardo (PROS). Ele terá 15 dias úteis para decidir.
Extra
MOTORISTA PARADO EM BLITZ PODE GANHAR SETE DIAS PARA RESOLVER IRREGULARIDADES MOTORISTA PARADO EM BLITZ PODE GANHAR SETE DIAS PARA RESOLVER IRREGULARIDADES Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on abril 08, 2019 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas