Após prisão de prefeita de Presidente Kennedy, vice pede orações

 Imagem: retirada da internet


Prefeito em exercício de Presidente Kennedy desde a última quinta-feira (9), Dorlei Fontão ( PSD ), que até então era o vice, divulgou uma carta na qual pede torcida e orações à população para que o município entre novamente nos trilhos.
“Concluo, pedindo e esperando que todos colaborem, torçam e até com orações, para que este ente federado, o Município de Presidente Kennedy-ES, possa sair da excepcionalidade de governança e voltar o quanto antes à normalidade político-administrativa, constitucionalmente estatuída”, diz um dos trechos da carta.


Fontão assumiu o comando da cidade após a prefeita  Amanda Quinta (PSDB) ter sido presa em flagrante durante a Operação Rubi , do Ministério Público Estadual (MPES). Além dela, outros dois membros do Executivo Municipal estão na cadeia: José Augusto de Paiva , que era secretário de Desenvolvimento Econômico e companheiro da prefeita, e Leandro Costa Rainha , que era chefe da pasta de Desenvolvimento Social.
Todos são investigados por suspeita de participação em um esquema de corrupção e pagamento de propina, que envolvia agentes da prefeitura e donos de uma empresa de limpeza, de acordo com o MPES. O secretário de Obras da cidade, Miguel Angelo, não foi preso, mas está afastado do cargo.
Em sua carta, Fontão afirma que o mandato como chefe da prefeitura tem previsão de 60 dias e prometeu trabalhar com transparência.
“Atuaremos com a maior transparência possível para disponibilizar e permitir os bons e profícuos trabalhos dos competentes órgãos de investigação e, igualmente, oportunizar todo o trabalho de defesa dos suspeitos, investigados e/ou acusados”, afirma.
Em outro trecho, ele reafirma seu compromisso em cuidar das finanças de Kennedy, município que mais arrecada recursos de royalties de petróleo em todo o Estado. “Tenho ciência do Poder Discricionário do Agente Público, mas, sei da vinculação constitucional e legal das verbas públicas pré-destinadas (os recursos carimbados), e vamos procurar atuar de acordo com a lei”, diz.
Fontão, no entanto, ainda não falou sobre a previsão de anúncio dos nomes que comandarão as pastas das quais os secretários foram afastados. 
Leia a carta completa:
1. Eu, DORLEI FONTÃO, cidadão e eleitor deste Município, em pleno gozo de todos os direitos civis e políticos previstos nas leis deste país, venho, por meio desta Nota Oficial, comunicar a todos os brasileiros, espiritossantenses e, mormente a toda a população de Presidente Kennedy que, cumprindo o meu dever institucional e legal, na qualidade de VICE-PREFEITO, ASSUMI AS FUNÇÕES DE PREFEITO MUNICIPAL, na última quinta-feira, dia 09 de maio deste ano, perante à Câmara Municipal, em cumprimento de Mandado expedido para efetividade de respeitável Decisão Judicial expedida pela autoridade competente; cuja ordem afastou a Prefeita Municipal do exercício do seu cargo, pelo prazo de 60 (sessenta dias) dias.
2. Também por ordem judicial, foram afastados, no mesmo ato, vários agentes (Secretários), funcionários e/ou servidores desta Municipalidade, para que sejam procedidas as devidas investigações de ações, atos, condutas e procedimentos suspeitos de incompatibilidade com o exercício de cargos ou funções de natureza pública. Assim, a Administração Municipal está excepcional.
3. Procurarei desempenhar o meu papel constitucional de Vice-Prefeito no exercício do cargo de Prefeito Municipal, com o máximo respeito, buscando harmonia institucional com o Poder Legislativo deste Município, com os Poderes Judiciário, Legislativo e Executivo deste Estado, além de parcerias com o Tribunal de Contas do Espírito Santo (TCES), o Tribunal de Contas da União (TCU) e Ministérios Públicos Estadual e Federal. Atuaremos com a maior transparência possível para disponibilizar e permitir os bons e profícuos trabalhos dos competentes órgãos de investigação e, igualmente, oportunizar todo o trabalho de defesa dos suspeitos, investigados e/ou acusados.
4. Rogo a Deus que nos ilumine e, rogo, também, a toda a população para que tenha fé e esperança, compreendendo que estaremos vivendo uma situação de anormalidade político- administrativa, qual seja: a INTERINIDADE ORA INICIADA, com prazo previsto de 60 dias.
5. Tenho ciência do Poder Discricionário do Agente Público, mas, sei da vinculação constitucional e legal das verbas públicas pré-destinadas (os recursos carimbados), e vamos procurar atuar de acordo com a lei.
6. Concluo, pedindo e esperando que todos colaborem, torçam e até com orações, para que este ente-federado, o Município de Presidente Kennedy – ES, possa sair da excepcionalidade de governança e voltar o quanto antes à normalidade político-administrativa, constitucionalmente estatuída.
Gabinete do Prefeito no exercício da interinidade, Presidente Kennedy – ES – Brasil, em 13 de maio de 2019
Por Maira Mendonça
Fonte: Gazeta online
Após prisão de prefeita de Presidente Kennedy, vice pede orações Após prisão de prefeita de Presidente Kennedy, vice pede orações Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on maio 14, 2019 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas