Servidores de 31 prefeituras do ES podem ter comprado diploma falso


        Foto: TV Gazeta
Cada diploma era vendido por até R$ 6 mil em esquema que envolve instituições de ensino de vários Estados e também do Espírito Santo

A investigações do Ministério Público do Espírito Santo (MPES) acabaram com parte de um esquema que movimentava milhares de reais e centenas de selos e assinaturas falsas que endossavam diplomas forjados que atestavam até pós-graduação . O órgão identificou que esses documentos, que eram vendidos por até R$ 6 mil, podem ter enganado processos seletivos de 31 prefeituras do Estado. Ao todo, 13 pessoas já foram presas no Espírito Santo , 6 empresas foram fechadas e dois funcionários de duas faculdades do Norte do Estado foram denunciados.
Mas o esquema todo pode ser muito maior. A mesma investigação, coordenada pelo MPES, deve ganhar reforço da polícia e do Ministério Público Federal (MPF) . É que os dados apontam que instituições do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Tocantins, Roraima e Amapá estão envolvidas na emissão dos diplomas e também precisarão ser investigadas. "Por isso o MPES está compartilhando a investigação com a polícia e o MPF. 
Fonte: Gazeta online
Servidores de 31 prefeituras do ES podem ter comprado diploma falso Servidores de 31 prefeituras do ES podem ter comprado diploma falso Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on maio 11, 2019 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas