TJES mantém prisão de prefeita de Presidente Kennedy


A audiência de custódia durou uma hora, das 10h às 11h, e aconteceu na manhã desta sexta-feira (10) na sede do Tribunal, na Enseada do Suá, em Vitória.

   O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) converteu a prisão em flagrante de Amanda Quinta Rangel, prefeita de Presidente Kennedy, em prisão preventiva. A audiência de custódia durou uma hora, das 10h às 11h, e aconteceu na manhã desta sexta-feira (10) na sede do Tribunal, na Enseada do Suá, em Vitória.
Ela foi presa na quarta (8) durante a Operação Rubi. Em sua residência, os policiais encontraram cerca de R$ 30 mil em dinheiro. O valor seria o pagamento de propina feito por um empresário do ramo da limpeza. O dinheiro, segundo investigações do Ministério Público do Espírito Santo (MPES), é uma contraprestação a benefícios financeiros em licitações e contratos.
O companheiro da prefeita, José Augusto de Paiva, também foi preso. De acordo com o promotor, era ele quem de fato administrava a cidade e também se preparava para disputar a prefeitura nas eleições do ano que vem.
Segundo o subprocurador geral de Justiça Judicial do MPES, Josimar Moreira, as suspeitas de que Amanda recebia propina foram confirmadas. "Todas as provas acarreadas aos autos confiram o recebimento de propina por parte da prefeita", destacou ele.
Segundo MPES, a prefeita de Presidente Kennedy recebia mensalmente visitas de um empresário do ramo de limpeza urbana em sua residência para pagar propina.
O último desses pagamentos aconteceu na quarta (8), quando o empresário Marcelo Marcondes foi preso na residência da prefeita. Antes de ir à casa de Amanda, ele passou no banco e sacou o dinheiro para efetuar o pagamento.

Fonte: Tribunal de Justiça do ES
TJES mantém prisão de prefeita de Presidente Kennedy TJES mantém prisão de prefeita de Presidente Kennedy Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on maio 11, 2019 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas