BLOG MARCOS JUNIOR BJI

Polícia Federal usará drones para fiscalizar as eleições deste ano

Imagem ilustrativa

A Polícia Federal usará drones em todos os estados brasileiros a fim de auxiliar os policiais na prevenção e repressão de crimes eleitorais.

A PF utilizará mais de 100 Aeronaves Remotamente Pilotadas como ferramenta para inibir a prática de crimes eleitorais durante o pleito de 2020. Os equipamentos serão alocados em municípios estratégicos em todo o território Nacional.

No Espírito Santo, os drones irão sobrevoar as principais zonas eleitorais, ajudando a fiscalizar e combater crimes como boca de urna e transporte de eleitores. Os equipamentos têm tecnologia de ponta e são capazes de se tornarem imperceptíveis ao voar em elevada altitude. Ainda assim, os drones possuem câmeras capazes de realizar zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez. As imagens capturadas serão transmitidas a uma equipe da Polícia Federal que estará preparada para monitorar toda as eleições e adotar as medidas cabíveis diante de atividades suspeitas. Assim, diante de algum flagrante de crime, policiais se deslocarão para o local indicado para prender os suspeitos, que serão conduzidos para a delegacia, onde serão tomadas as providências pertinentes.

De acordo com a PF, o uso de drones possibilita, ainda, diminuir a presença física dos policiais e o contato social com os não envolvidos em situação criminosa, o que se torna extremamente relevante diante do cenário de medidas de distanciamento social para combater a epidemia do novo coronavírus.

Por Marcos Junior

Postagem Anterior Próxima Postagem