BLOG MARCOS JUNIOR BJI

Em SP, Covas vence Boulos e é reeleito

 


Com 100% das urnas apuradas em São Paulo, o prefeito Bruno Covas (PSDB) foi reeleito com 59,38% dos votos válidos. Líder do MTST, Guilherme Boulos, do Psol, teve 40,62%. A abstenção na cidade foi recorde, de 30,81%.

Votos nulos somaram 9,76% e em branco, 4,39%.

No total, 6.217.508 foram às urnas neste domingo para votar no segundo turno em São Paulo. Covas recebeu 3,1 milhões de votos e Boulos, 2,16 milhões.

Boulos ligou nesta noite para Covas e reconheceu sua derrota. O candidato do Psol foi diagnosticado com covid-19 na sexta-feira e está em quarentena.

Bruno Covas iniciou seu discurso de vitória dizendo que é "possível fazer política sem ódio e falando a verdade". Agradeceu aos adversários, por terem feito "o bom combate", e disse estar disponível para receber boas propostas que Boulos deseje apresentar. Também acenou ao eleitor da esquerda, afirmando que a cidade não será dividida em azul e vermelho, mas será apenas a "cidade de São Paulo".

O prefeito reeleito creditou sua vitória ao "sim" que os eleitores deram "à democracia e à ciência, à moderação e equilíbrio" e frisou que a pandemia ainda é uma realidade a ser enfrentada e seu governo se empenhará nisso. E fez um agradecimento especial ao vice Ricardo Nunes.

O candidato do Psol fez um pronunciamento na sacada de sua casa para agradecer seus apoiadores. "Não foi nesta eleição, mas a gente vai vencer", disse Guilherme Boulos. "A gente apontou um futuro que está começando: um país sem autoritarismo, que combata o atraso." Boulos está com covid-19 e cumpre quarentena em casa.

*Valor econômico


Por Marcos Junior

Postagem Anterior Próxima Postagem