Lavouras teria dado propina a desembargadores do TJRJ e muito mais

 8 desembargadores, Cabral, Pezão, Garotinho, Eduardo Cunha e Lindbergh Farias aparecem na delação de ex-presidente da Fetranspor

Foto Cleomir Tavares / Diario do Rio


Não é apenas o presidente da OAB, e pré-candidato a governador do Rio de Janeiro, Felipe Santa Cruz que aparece na delação do ex-presidente da Fetranspor, José Carlos Lavouras. A coluna Radar da Revista Veja cita outros importantes nomes, na delação que tem 39 anexos são citados vereadores, deputados estaduais, deputados federais, senadores, desembargadores, conselheiros, integrantes do governo do Rio e até integrantes do Ministério Público do Rio e da Polícia Federal.


Os desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aparecem em 8 anexos, em um gasto de mais de R$ 11 milhões com suborno. Citando 8 desembargadores, um deles aposentado. Foram:

  • Desembargador MÁRIO GUIMARÃES NETO – em duas oportunidades, no total de R$ 7.200.000,00, com o fim de obter decisões judiciais favoráveis nos autos de dois processos distribuídos à 12 ª Câmara Cível
  • Desembargador GUARACI CAMPOS VIANNA – em duas oportunidades, no total de R$ 620.000,00, com o fim de obter decisões judiciais favoráveis nos autos de três processos distribuídos à 19ª Câmara Cível
  • Desembargador CHERUBIM HELCIAS SCHWARTZ JUNIOR -total de R$ 500.000,00, com o fim de obter decisão judicial favorável nos autos de processo distribuído à 12ª Câmara Cível
  • Desembargador JOSE CARLOS MALDONADO DE CARVALHO, no total de R$ 100.000,00, com o fim de obter decisão judicial favorável nos autos de processo distribuído à 1ª Câmara Cível
  • Desembargador MARCOS ALCINO DE AZEVEDO TORRES – no total de R$ 1.500.000,00, com o fim de obter decisão judicial favorável nos autos de processo distribuído à 19ª Câmara Cível
  • Desembargador ADRIANO CELSO GUIMARÃES – no total de R$ 500.000,00, com o fim de obter decisão judicial favorável nos autos de processo distribuído à 8ª Câmara Cível
  • Desembargadora HELDA LIMA MEIRELES – com o fim de obter decisão judicial favorável nos autos de representação de inconstitucionalidade que tramitou no Órgão Especial
  • Desembargadora LETÍCIA SARDAS – no total de R$ 600.000,00, com o fim de obter decisão judicial favorável nos autos de processo distribuído à 8ª Câmara Cível

Governadores Cabral, Pezão e Garotinho

A coluna Radar diz que Lavouras também teria citado 3 ex-governadores do Rio de Janeiro, Sergio CabralLuiz Fernando Pezão Anthony Garotinho. No caso de Garotinho, ele já não era mais governador quando teria recebido a propina.

A Garotinho os repasses teriam sido feitos entre 2010 e 2014 via “contratos fictícios com rádio a pretexto de ajuda financeira para campanhas de deputado federal e governador do estado”. Pezão teria passado a receber “a partir de 2014, por meio de entregas em espécie para o secretário de estado Hudson Braga e pagamentos de notas frias a empresas indicadas por este”.

Já Cabral, não é de surpreender que teria recebido tanta propina que dos 39 anexos do acordo, 27 deles são dedicados ao ex-governador presidiário.

Eduardo Cunha e Lindbergh Farias

Já o ex-presidente da Câmara de Deputados, Eduardo Cunha, que vem curtindo a recém conquistada liberdade teria recebido US$ 5 milhões. A qual teria sido paga na Suíça para a “aprovação de projetos legislativos afetos à área de transportes interestaduais”.

Já o ex-senador e atual vereador do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias (PT), teria recebido R$ 5,5 milhões “em troca de atos de ofício em benefício das empresas de ônibus”.

Tudo indica que mais nomes devem surgir nos próximos dias. Todo o processo foi enviado ao Juiz Marcelo Bretas.


Diário do Rio

Lavouras teria dado propina a desembargadores do TJRJ e muito mais Lavouras teria dado propina a desembargadores do TJRJ e muito mais Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on maio 27, 2021 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas