'VIÚVA DA MEGA-SENA' NÃO RECEBERÁ HERANÇA DE MARIDO MORTO EM 2007

 Em 2016, Adriana Ferreira Almeida Nascimento foi condenada pela morte de Renné Senna, que ganhou R$ 52 milhões na Mega-Sena


Adriana Ferreira Almeida Nascimento na época do julgamento - Divulgação/Rede Globo

Uma decisão tomada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta semana mudou o destino da herança de Renné Senna, um ex-lavrador que recebeu R$ 52 milhões ao ganhar na Mega-Sena em 2007. Naquele ano, ele foi assassinado no interior do Rio de Janeiro, em Rio Bonito.


Como informou o portal do G1, a viúva Adriana Ferreira Almeida Nascimento não receberá parte do patrimônio de Renné depois de o STJ ter anulado o testamento que a colocava como beneficiária. 


A mulher, que ficou conhecida como “Viúva da Mega-Sena”, foi condenada em 2016 após uma investigação sobre o caso, que foi repercutido em todo o país na época, ainda em 2007. Adriana recebeu uma pena de 20 anos de prisão pela morte do marido e foi presa em 2018, mais de uma década depois do assassinato.

Agora, o STJ anulou o testamento do ex-lavrador, em que constava que metade da herança deveria ser destinada à ex-esposa. Essa decisão confirmou uma resolução da 17ª Câmara Cível do Rio, que foi feita em 2018. Para o judiciário, o homem foi manipulado por Adriana. 


A filha de Senna, Renata, ficará com metade do patrimônio, enquanto o restante será dividido entre os irmãos do ex-ganhador da Mega-Sena. O valor é de R$ 120 milhões.


UOL AH

'VIÚVA DA MEGA-SENA' NÃO RECEBERÁ HERANÇA DE MARIDO MORTO EM 2007 'VIÚVA DA MEGA-SENA' NÃO RECEBERÁ HERANÇA DE MARIDO MORTO EM 2007 Reviewed by Blog Marcos Junior BJI on junho 01, 2021 Rating: 5

MAIS LIDAS DE HOJE

Postagens mais visitadas