BLOG MARCOS JUNIOR BJI

Preço da gasolina pode chegar a R$ 10 ?


Parece até notícia repetida, mas não é. A Petrobras anunciou um novo aumento nos combustíveis que passa a valer a partir desta quarta (12). O preço médio da gasolina na bomba deve sofrer uma alta de 4,85% e do diesel de 8,08%.

Os constantes aumentos no preço dos combustíveis têm sido os maiores vilões da inflação, que atingiu 10,05% de janeiro a dezembro de 2021, a maior em seis anos. Além de ficar mais difícil de encher o tanque, esses aumentos causam impactos também no preço dos alimentos, dos fretes e dos restaurantes, piorando uma situação que já está insustentável para os brasileiros.

Segundo levantamento da Ticket Log, os combustíveis ficaram 40% mais caros em dezembro de 2021 se comparados com o mesmo período de 2020. Especialistas dizem que esse deve ser um tema central para 2022.

 Hoje, o brasileiro chega a comprometer mais de 20% do seu salário para encher o tanque. Por aqui, o preço da gasolina pesa mais no bolso do que no resto do mundo. Com a crise e a pandemia, a renda teve uma queda de 11% em 2021. A conta simplesmente não fecha. E os dois fatores que impactam diretamente nesses preços não nos mostram um futuro promissor: o preço do petróleo deve seguir em alta e o câmbio tende a ter maior volatilidade em ano eleitoral.

Por mais que o presidente tente culpar os governadores pelo preço abusivo da gasolina, já foi mostrado que o ICMS (imposto estadual que incide sobre o combustível) é o mesmo desde 2016. O que é acontece é que o câmbio influencia hoje no preço do combustível para os brasileiros porque a Petrobras adotou, desde 2016, uma política de dolarização que atrela o preço dos combustíveis ao dólar.

Essa política é ótima para acionistas internacionais e péssima para o povo, como podemos ver até aqui. Pelo andar da carruagem, não demora muito até pagarmos R$ 10 pelo litro da gasolina.

Por Marcos Junior

Postagem Anterior Próxima Postagem